terça-feira, 3 de novembro de 2009

IGREJA MESSIANICA (ARTIGO)

greja Messiânica Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Igreja Messiânica Mundial (世界救世教 Sekai kyūsei kyō em japones) é um movimento religioso fundado em 1 de janeiro de 1935, no Japão, por Mokiti Okada (1882-1955) - conhecido entre os fiéis como Meishu-Sama, ex-membro do Omoto-kyo. É também chamada "nova religião" (Shinshukyo); seu conceito central é Johrei (luz divina), um método que pode canalizar a luz divina no corpo de outra pessoa, com intuito de curá-la de seus males físicos e espirituais. De acordo com esses preceitos, em 1926, Okada recebeu uma revelação divina e foi designado por essa revelação a ser um canal vivo da Luz Curadora de Deus (Johrei) para eliminar para sempre doenças, pobreza e sofrimento do mundo e inaugurar a nova Era Messianica.
A religião hoje tem em torno de 2 milhões de seguidores, incluindo muitos no Brasil.


Meishu-Sama e o movimento

Com espírito científico, Mokiti Okada mais tarde conhecido como Meishu-Sama (senhor da luz), o qual deixou uma vasta obra literária com assuntos que vão desde a arte até a sabedoria, desde o conceito de divindade até a análise da constituição do mundo espiritual e suas leis, desde profundos estudos sobre saúde até a alimentação e técnicas agrícolas sem a utilização de adubos químicos e agrotóxicos, desde a filosofia pura ao pragmatismo.
Como legado artístico, deixou, além de suas obras pessoais(caligrafias, desenhos, etc.), que incluiam jardins e projetos arquitetônicos, dois museus de arte (Museu MOA), com uma coleção que incluíu vários tesouros nacionais do Japão . Para seus seguidores, Meishu-Sama foi um líder espiritual de fundamental importância para a humanidade também no que se refere ao assunto saúde, pois embuido de profundo bom senso quebrou um solidificado paradigma de que a doença seja algo puramente deletério ao ser humano, e interpreta o processo de doença como um estágio na recuperação de saúde, e em alguns casos condena o uso de medicação, pois esta prática segundo ele paralisa o processo de purificação do organismo através da doença. Estes ensinamentos podem ser melhor compreendidos em seu livro intitulado "A Outra Face da Doença"

 O Johrei

O que é o Johrei? Johrei é palavra criada por Meishu-Sama com a junção de dois ideogramas da língua japonesa que significam JOH – “purificar” e REI – “espírito”. Assim ele denominou o método de canalizar com as mãos, a intangível, infinita e poderosa energia que, pela sua origem e benefícios, é considerada Luz Divina. A felicidade ou a infelicidade depende do nível espiritual de cada um. Quanto mais impurezas espirituais e físicas o homem acumula, mais "pesado" fica o espírito, decaindo nas camadas do mundo espiritual , onde a luz é escassa. O Johrei purifica as impurezas do homem e possibilita que ele se eleve espiritualmente para camadas onde a Luz é intensa. A Luz é a fonte da saúde, da sabedoria e da felicidade. Assim explica Meishu-Sama: “A pregação das doutrinas religiosas agem do exterior para a alma. Mas o ato purificador do Johrei projeta a Luz Espiritual diretamente na alma, despertando-a instantaneamente. Os que ingressam, alcançam rapidamente uma percepção superficial e, em seguida uma percepção mais profunda. Além de superarem suas próprias tragédias, tornam-se aptos, também, a eliminar as tragédias alheias.”
Como ele atua? As invisíveis, mas poderosas ondas de luz que irradiam durante o Johrei, eliminam as impurezas impregnadas no ser humano, revitalizando sua força natural de recuperação, também chamada força curativa natural. Por que o Johrei é diferente? Todas as práticas energéticas que objetivam restaurar a força curativa natural do ser humano, usam energia que emanam do próprio praticante, o que restringe a sua ação devido ao limite da condição humana. Porém, como o Johrei não utiliza a força humana, e sim a energia vital do universo, potencializada por Meishu-Sama, pode ser praticado indefinidamente e, o que é melhor, quanto mais se pratica, mais energia se recebe.
Como o Johrei é ministrado? Uma sessão de Johrei dura, geralmente,quinze minutos. Dependendo da necessidade, o tempo de duração pode ser prolongado. A pessoa que direciona a energia, é chamada de ministrante, e a distância entre este e a pessoa que recebe é de trinta centímetros a um metro. Inicialmente, o Johrei é ministrado na parte frontal do recebedor e, depois, nas costas. Quem pode ministrar Johrei? Todos que tenham experimentado o Johrei até sentir seu resultado e após a conclusão de um curso para receber o Sagrado Ponto Focal–Ohikari, poderão ministrar Johrei para qualquer pessoa, a qualquer hora em qualquer lugar.
Destacamos abaixo alguns benefícios do Johrei:
- Desperta o homem para a existência do Criador; - Fortalece-o para que ele possa ultrapassar os desafios da vida; - Torna-o saudável física e espiritualmente; - Torna-o mais sereno e pacífico; - Eleva a sua inteligência e a sua personalidade; - Expande a sua aura, protegendo-o dos infortúnios; - Possibilita-lhe perceber melhor a abundância e as oportunidades,propiciando a sua prosperidade; - Fortalece o sentimento de gratidão e altruísmo.

 Crenças

Os messiânicos acreditam em Deus Supremo, Criador do Universo. Creem que, desde o início da Criação, Deus objetivou estabelecer o "Céu na Terra" e tem atuado continuamente para a concretização desse objetivo.
Com tal propósito, fez do ser humano o Seu instrumento para servir ao bem-estar da humanidade, condicionando a ele todas as demais criaturas e coisas. Creem, portanto, que a história humana do passado constitui estágios preparatórios, degraus para se alcançar o "Céu na Terra", ou seja um mundo de perfeita harmonia, onde não exista pobreza, doença e conflito.

 Expansão

Existem várias instituições religiosas que seguem a linha de pensamento de Meishu-Sama. No Brasil, a principal é a Igreja Messiânica Mundial do Brasil.
Hoje em dia as atividades de expansão, da filosofia de Meishu-Sama e da prática do Johrei, acontecem em unidades chamadas de Johrei Center. No Brasil existem mais de 600 Johrei Centers. Neste local as pessoas podem receber, gratuitamente, o Johrei e também recebem cursos sobre o Pragmatismo da Filosofia de Mokiti Okada. Todas as atividades são desenvolvidas por voluntários.
A expansão da Igreja Messianica também acontece através da Fundação Mokiti Okada que desenvolve pesquisas na agricultura, recuperação do meio ambiente, saúde e educação. A Fundação também engloba a escola de Ikebana Sanguetsu que ensina os principios pragmáticos da filosofia de Mokiti Okada através da arte milenar do arranjo floral.

 Significado do Daijo, Shojo e Izunome

O Fundador da Igreja Messiânica Mundial Meishu Sama diz:
“Daijo” ilustra o aspecto horizontal da vida; “Shojo”, o vertical. A atividade de “Daijo” é semelhante à da água, que se estende perpetuamente em nível horizontal. “Shojo” é a atividade do fogo. Restrito, queima em profundidade e dirige suas chamas para o alto; une o homem a Deus. “Daijo” une irmão com irmão. O princípio de “Shojo” é estrito e intransigente. A vida das pessoas com temperamento “Shojo” é regida por padrões freqüentemente rígidos e restritos. O indivíduo “Shojo” tende a ser mais crítico do que os outros e a classificar as coisas como “boas” ou “más”. Os indivíduos de temperamento “Daijo” são geralmente liberais e estão sempre dispostos a mudar. Por outro lado, podem tender a um liberalismo excessivo, faltando-lhes uma orientação espiritualmente profunda. Izunome simboliza a cruz equilibrada, indicando a perfeita harmonia entre os princípios horizontal e vertical. Até agora, o Leste se manteve no nível vertical e o Oeste no nível horizontal. Durante a Era da Noite, foi assim que a Providência Divina estabeleceu o plano espiritual. Os povos orientais mostram-se mais inclinados a reverenciar o culto aos ancestrais, a virtude da lealdade e a piedade filial. Por isso, mantêm um estrito sistema hierárquico. No Oeste, enfatiza-se a afeição entre marido e mulher, expandindo o amor ao próximo e a toda a humanidade. O Cristianismo é “Daijo” e, assim, difundiu-se pelo mundo inteiro. Nele se acentua a importância do amor fraterno, atividade em nível horizontal. O Budismo é “Shojo”; sua essência fica restrita a grupos específicos. Acentua-se a importância da meditação, com o fim de alcançar a sabedoria e a auto-realização. Essa atividade é vertical — profunda e dirigida para o alto — e induz seus discípulos a viverem retirados do mundo. Como o Leste representa o nível vertical e o Oeste o nível horizontal, há muito pouca compreensão entre ambos, o que freqüentemente tem dado margem a conflitos. É chegado, contudo, o momento de os princípios vertical e horizontal se harmonizarem para formar a cruz equilibrada — Izunome. O resultado será uma feliz união das civilizações oriental e ocidental. Só então a humanidade poderá viver o Paraíso na Terra. A Igreja Messiânica Mundial nos dá a consciência de que esse Paraíso pode tornar-se uma realidade através da Luz de Deus. Devemos ser flexíveis e agir de acordo com as situações, ora aderindo ao princípio de “Shojo”, ora aplicando o método “Daijo”, mas sempre voltando ao ponto central, Izunome. “Daijo” é abrangente incluindo tudo, inclui também “Shojo”. De modo geral, é bom agir conforme as circunstâncias, mas nunca esquecendo o princípio sobre o qual baseamos a nossa ação. Mesmo tendo “Shojo” como princípio orientador, convém agir à maneira “Daijo”. Não obstante, seria perigoso empregarmos somente “Daijo”. Os jovens, especialmente, poderiam tender a uma demasiada auto-indulgência. “Shojo” estabelece o princípio vertical, no qual tudo deve ser baseado, antes de adotar o princípio “Daijo”, de expansão horizontal. Assim, pode-se atingir o perfeito equilíbrio entre ambos, ou seja a cruz equilibrada Izunome."

 Donativo de Gratidão

Como toda a organização atua sem fins lucrativos, não há na Igreja Messiânica nenhuma taxa ou pagamento a se fazer para participar.
Existe porém uma forma de contribuição, não compulsória, em forma de donativos, onde o frequentador ou membro, caso deseje e se sinta propenso a, pode demonstrar sua satisfação e gratidão às graças recebidas, sob forma de unidade monetária.


Igreja Messiânica faz culto à alma dos antepassados na Zona Sul de SP

Encontro reuniu fiéis do Brasil e do Mundo na Guarapiranga.
Há quase dez anos, messiânicos reflorestaram área e ergueram sede ali.
Do G1, com informações do SPTV
















Em Parelheiros, no extremo sul da capital paulista, a Igreja Messiânica Mundial do Brasil reuniu fiéis de todo o mundo. O culto à alma dos antepassados foi realizado no Templo do Solo Sagrado de Guarapiranga nesta segunda-feira (2), Dia de Finados.

Veja site do SPTV

Há quase 10 anos, os messiânicos reflorestaram esta área junto à Represa Guarapiranga para criar um parque ecológico e erguer sua sede. Cerca de 25 mil visitantes de todo país, da América Latina, da África e do Japão vieram participar da celebração aos antepassados.

O templo messiânico é aberto a todas as religiões e sua arquitetura reflete esta filosofia - 16 pilares que sustentam um anel sobre o altar e o público. O teto é o céu e as paredes, a natureza.


VALE A PENA RESSALTAR QUE A MESSIANICA ...INDEPÊNDENTE...DE RELIGIÃO TODOS SÃO BEM VINDOS....ISSO É ÓTIMO EM MUNDO QUE HÁ RIVALIDADES ENTRE RELIGIÕES DE UMA FORMA GERAL

fontes: Wikipedia...e o estado de são paulo


Um comentário:

  1. Frequento vez por outra há cerca de 14 anos... ainda tenho o desejo de visitar o Solo Sagrado e Vou!

    ResponderExcluir