sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

RENATO RUSSO....E A CANÇÃO "ÍNDIOS" INTERTEXTUALIDADE CO O ROMANTISMO INDIANISTA.....


 RENATO RUSSO

ÍndiosComposição: Renato Russo

LEGIÃO URBANA

Quem me dera
Ao menos uma vez
Ter de volta todo o ouro
Que entreguei a quem
Conseguiu me convencer
Que era prova de amizade
Se alguém levasse embora
Até o que eu não tinha
Quem me dera
Ao menos uma vez
Esquecer que acreditei
Que era por brincadeira
Que se cortava sempre
Um pano-de-chão
De linho nobre e pura seda
Quem me dera
Ao menos uma vez
Explicar o que ninguém
Consegue entender
Que o que aconteceu
Ainda está por vir
E o futuro não é mais
Como era antigamente.
Quem me dera
Ao menos uma vez
Provar que quem tem mais
Do que precisa ter
Quase sempre se convence
Que não tem o bastante
Fala demais
Por não ter nada a dizer.
Quem me dera
Ao menos uma vez
Que o mais simples fosse visto
Como o mais importante
Mas nos deram espelhos
E vimos um mundo doente.
Quem me dera
Ao menos uma vez
Entender como um só Deus
Ao mesmo tempo é três
Esse mesmo Deus
Foi morto por vocês
Sua maldade, então
Deixaram Deus tão triste.
Eu quis o perigo
E até sangrei sozinho
Entenda!
Assim pude trazer
Você de volta pra mim
Quando descobri
Que é sempre só você
Que me entende
Do iní­cio ao fim.
E é só você que tem
A cura do meu vício
De insistir nessa saudade
Que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.
Quem me dera
Ao menos uma vez
Acreditar por um instante
Em tudo que existe
E acreditar
Que o mundo é perfeito
Que todas as pessoas
São felizes...
Quem me dera
Ao menos uma vez
Fazer com que o mundo
Saiba que seu nome
Está em tudo e mesmo assim
Ninguém lhe diz
Ao menos, obrigado.
Quem me dera
Ao menos uma vez
Como a mais bela tribo
Dos mais belos índios
Não ser atacado
Por ser inocente.
Eu quis o perigo
E até sangrei sozinho
Entenda!
Assim pude trazer
Você de volta pra mim
Quando descobri
Que é sempre só você
Que me entende
Do início ao fim.
E é só você que tem
A cura pro meu vício
De insistir nessa saudade
Que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.
Nos deram espelhos
E vimos um mundo doente
Tentei chorar e não consegui.


VIDEO "ÍNDIOS" LEGIÃO URBANA...EXPLICA MELHOR O INDIANISMO ROMÂNTICO QUE PREGAVA ...UA DAS SUAS CARACTERÍSTICAS "IDEAIS DE LIBERDADE...E VALORIZAÇÃO DO ÍNDIO"






"A INTERTEXTUALIDADE CONTIDA NA CANÇÃO DA LEGIÃO URBANA RESSALTA....TEM LIGAÇÃO LITERARÁRIA COM A ESTÉTICA ROMÂNTICA ....DO SEC..XVIII....QUE RESSALTAVA A VALORIZAÇÃO DO POVO INDÍGENA...CLAMADA POR JOSÉ DE ALENCAR E PADRE JOSÉ DE ANCHIETA MAIS TARDE NO BARROCO...A CANÇÃO POÉTICA ENFATIZA ....QUE ESSE POVO HUMILDE E INGÊNUO ...DEU NOSSAS RIQUEZAS E TROCA DE COISAS SEM VALORES ..MAS QUE PARAELES...ALÉM DE NOVIDADE FAZIA PARTE DA CULTURA DELES DIVIDIR ..SUAS RIQUEZAS COM..PESSOAS QUE CONSIDERAVAM AMIGOS ...FORAM ESCRAVIZADOS ..MASSACRADOS...E HOJE EM DIA .....PERCEBEMOS A CULTURA DELES SE ESVAINDO ...POR CAUSA DO HOMEM BRANCO...A BEBIDA É A PRINCIPAL...CATÁSTROFE NA VIDA DESSES POVO QUE DEVERIAM SER CUIDADO ...E PROTEGIDO...COMO HOMENAGEM AOS VERDADEIROS BRASILEIROS...QUE HABITOU ESSA TERRA TÃO MARAVILHOSA QUE É O BRASIL"





4 comentários:

  1. Ana, primeiramente parabéns pelo seu blog e pela aula de literatura, que você proporciona-nos ao ler os textos e as suas conclusões. Realmente o Renato nessa letra explica exatamente o que os Indios são um povo simples, humilde que entregou tudo pelo amor ao ser humano e por isso confiou em quem não podia confiar. Voltarei mais vezes, quem sabe um dia terá um poema meu aqui comentado. Seria a minha gloria. Parabéns minha amiga, minha sogra(hehehe) Beijos


    Marcelo Gallicio

    ResponderExcluir
  2. será um prazer ter uma poesia sua aqui ...brigada pelos elogios ....bjammmm!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá..
    Acredito que nesta música não se falava realmente de índios, tanto que o título da faixa no cd é "índios" (assim mesmo com aspas)...
    Em meu ver, em muitas partes da música fica evidente uma referência a Jesus ("Eu quis o perigo e até chorei sozinho. Entenda. Assim pude trazer você de volta pra mim", "...com a mais bela tribo dos mais pelos índios não ser atacado por ser inocente") e a Deus ("Quem me dera ao menos uma vez fazer com que o mundo saiba que seu nome está em tudo e mesmo assim ninguém lhe diz ao menos obrigado")... e no restante da letra, com um pouco de viagem, dá pra ligar também a religião, Deus e etc..
    Entretanto, só o próprio Renato poderia explicar sobre o que ele falava... abraços :)

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Priemiramente Parabéns pela iniciativa de fazer uma análise desta música tão linda do Renato. Concordo com a pessoa do comentário a cima. Por mais que a canção se chame "índios", não acredito que o renato esteja se referindo aos índios no sentido de contar a vida dos índios no período da colonização do Brasil. Acredito que em algumas partes da música ele faça referência a ele mesmo e as coisas que estão acontecendo com ele (seus conflitos internos), a insastifação com as pessoas e com a sociedade que vivemos, também acho que faça uma referência a Deus, entretanto acho que a música não fale em si da religião. Ele também fala da sua tentativa de suicídio (... até sangrei sozinho...) pode também falar de alguém importante que ele gostasse muito e apareceu neste momento da vida dele (isso é apenas um palpite) (...Assim pude trazer
    Você de volta pra mim...). Enfim, acredito que quando ele fala índios, esteja pndo todas as pessoas como índios, por sermos enganados todos os dias nesta sociedade.

    Não sei dizer se é realmente isso que ele fala, é apenas o que esta canção me passa. Como diz a pessoas aí de cima, somente o próprio Renato poderia nos esclarecer.

    Novamente Obrigada.

    ResponderExcluir